sábado, 4 de maio de 2013

Outro dia...

Hoje os meus versos
Acompanhavam-me pelas calçadas.
Pareciam dispersos
Em muitos lugares.
Fugiam de mim em olhares
E em bocas caladas.

Olhavam-me ao longe
Como quem chama
E logo se esconde.
Faziam assim,
Corriam de mim
Sem dizerem-me para onde...

Mas não vou perder minha alegria
Vou deixá-los seguir com seu encanto.
Outra hora os revejo em poesia
Outro dia certamente os encontro...