sexta-feira, 28 de julho de 2017

Já era...

Sentiu, mas fingiu, resistiu
Disfarçou, fez que não viu
Fez pouco caso, não deu valor.
Depois reconheceu, correu atrás
O que passou, passou - tarde demais
Deixou de viver um grande amor...

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Aqui

Com toda a imensidão do Universo
Seu espaço infindo, incomensurável
E mesmo o que nos pareça imponderável
Às vezes me desarrumo, sem rumo, disperso
E confesso, ainda que cause algum espanto:
Corro e busco o infinito do meu quarto, do meu canto.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Saudade...

Ah, que saudade de quem não conheci...
Se houve um dia em que chegou, nem vi
Então, quando partiu, não me despedi.
Ah, que saudade de quem não conheci...