terça-feira, 31 de março de 2015

Amor?

Aquele olhar de eternidade
Inundou todo o ambiente.
E o que era até então realidade
Transformou-se, de repente...
... em alucinação.
Em imensidão, torpor.
Seria somente paixão?
Ou seria mesmo...

segunda-feira, 30 de março de 2015

Aviões de papel

Aviões de papel colorem o céu.
A distância e o tempo não são problemas.
O que eles transportam? Poemas...

quinta-feira, 19 de março de 2015

Um sonho...

Em certa ocasião
Plantou um sonho.
Mas que estranho,
Brotou uma desilusão...

sábado, 14 de março de 2015

A brisa

A brisa suave vinha leve pela tua rua
Trazia ela um tanto da presença minha
Levava ela um tanto da lembrança tua.