domingo, 30 de outubro de 2016

Penso

Ouço
Conheço
Mas desobedeço.
Não tem jeito
Não dou guarida.
Não, não aceito
Ideia preconcebida.
Sempre fui assim:
Ninguém pensa por mim.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Um pouco de mim...

Encontrei um pouco de mim
Naquele sorriso sem graça
Naquele jeito de falar sem dizer
Naquele estar ausente, estando ali.
Naquele querer, sem querer.
Encontrei um pouco de mim
No olhar vago, disperso
No olhar de indecisão
No olhar calmo que sorria
No olhar que disfarçava.
Encontrei um pouco de mim
No pensamento que ardia
No pensamento que chamava
No pensamento que supunha
No pensamento a dissimular.
Encontrei um pouco de mim
Mas quase não me reconheci
Encontrei um pouco de mim
E logo depois me perdi.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Alheios

Transitavam
Em olhares alheios.
Transitavam alheios
Por diversos lugares.
Sempre assim, alheios,
Sempre, sempre alheios
Aos lugares e aos olhares.