domingo, 3 de novembro de 2013

Éramos...

Éramos tantos
Nas ruas, nos cantos
Éramos tontos...

Éramos tontos
Tantos, tantos
A viver de cantos...

Éramos uns
Depois alguns
E muitos além...

Talvez uns poucos
Talvez uns loucos
Talvez ninguém...

Nenhum comentário: