segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Simplesmente...

Sem 
qualquer plano
eu plano
em voo pleno.
E assim, insano,
não temo engano,
nada planejo.
Apenas ouso.
Pouco é o que desejo.
Algo simples, ameno:
Depois de um livre voar,
e algum planar,
um pouso
sereno.

Nenhum comentário: