segunda-feira, 11 de maio de 2015

Meu coração

Tenho um coração aflito
Assim, meio esquisito
Que mais que palpita
Pula, salta, se agita
e
Quer viver tudo com toda a alma.
Procura todo tempo a emoção.
Um tanto sem jeito e sem um tanto de calma
Vamos por aí, eu e este meu coração...

Nenhum comentário: