sábado, 26 de setembro de 2015

Um sujeito

Era um sujeito assim como eu.
Ele muito e muito caminhou.
Tanto e tanto se perdeu
Que um dia se encontrou.

Nenhum comentário: