segunda-feira, 26 de junho de 2017

Humanidades

Tantas vezes o silêncio cabe...
Quantas vezes é melhor calar...
É fácil falar do que não se sabe
É simples o dizer sem o pensar.
É tão leviano avaliar o desconhecido
Mas é comum, se vê em toda a gente.
Como é errado opinar sobre o não vivido...
Como é triste criticar o que não se sente...

Nenhum comentário: