segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Em um segundo


São 20h46mim27seg. Domingo.
Na calçada perambula um gato preto
Uma formiga carrega uma folha pesada
As crianças correm
Uns nascem
Outros morrem
Num lago, um sapo coaxa
Um bêbado dorme na praça
Cai um lenço no chão
Uma barata dispara no esgoto
Um mosquito pica um pescoço
Uma lâmpada se apaga
Acendem uma vela na encruzilhada
Fecharam à chave uma porta
Alguém cai da cama
Alguém cai na lama
Quebraram uma vidraça
Apagaram uma fogueira
Explode uma bomba
Tem gente dando risadas
Rachou-se um iceberg
Eclode uma nova guerra
Tragam um cigarro de palha
É gol!
Deram um soco no ar
Vazaram óleo no mar
Um velhinha sorri
Um casal troca beijos
Alguém escreve um poema...
Agora, já são 20h46min28seg. Domingo.

Nenhum comentário: