domingo, 28 de outubro de 2012

Um fato...



Quero criar um fato, 
pois um fato de fato por si não se cria... 
Cada fato resulta de um ato.
Então paro, como num desacato
E num ato, com tato, faço poesia...

Um comentário:

Cátia disse...

Isto é fato!