terça-feira, 10 de janeiro de 2017

A noite

Caminhos que fiz e refiz
Cada dia, cada madrugada
Planos que fiz e desfiz
Foram tantos, mas quase nada
No silêncio a noite se insinua
Por aí, por aqui, pela vida, pela rua.

Nenhum comentário: