quarta-feira, 24 de maio de 2017

O andarilho

Nada mais possuía
Apenas um sorriso cansado
Sem qualquer garantia
De que não fosse sorrir atrasado.
Andava por aí, em agonia
Em caminhar lento, acabrunhado
Quando era de sorrir, sorria
Com aquele seu sorriso cansado.

Nenhum comentário: