sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Ainda ontem...

Ainda ontem, me lembrei de ti.
Do teu olhar de desassossego
De mistério ou algum segredo.
Foi assim, na última vez que te vi.

Ainda ontem, pensei em ti.
No teu jeito meio sem jeito
De contar o que traz no peito
E no teu receio de dividir.

Ainda ontem, chamei por ti.
Mas sei, sei que não me ouviste.
E fiquei sim, outra vez, muito triste
Ao lembrar que não estás por aqui.

Nenhum comentário: