segunda-feira, 26 de setembro de 2011

É poesia...



Não há como induzir a enganos
Basta ter-se a lucidez dos insanos.

A palavra é mais que expressão.
As entrelinhas viram pontuação.

O sentimento flui, irradia
O pensamento, então, já é poesia...





Nenhum comentário: