quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Noite

Noite brejeira
Noite faceira
Noite pra mim.


De toda maneira
Aos poucos ou inteira
Noite, enfim.

Dos lugares
Dos andares
Dos olhares

Da nostalgia
Da boemia
Da poesia.

A noite é meu dia...

Nenhum comentário: