terça-feira, 17 de junho de 2014

Ali...

Vou ali
no embalo
do vento
que dá
a força
mas não
a direção.
O destino
improvisa,
ora ventania,
ora brisa.
Só disso sei.
Mais nada.
Ora partido,
ora inteiro,
sigo decidido.
Talvez depois
do nevoeiro
seja o meu local
de parada.

Nenhum comentário: