domingo, 29 de junho de 2014

havia um tempo em que eu queria tudo
e este tudo parecia pouco
e aí mesmo é que eu queria tanto.

agora o que quero é pouco
e esse pouco, então, é mesmo tudo
mas - como pode? - hoje parece muito...

Nenhum comentário: