terça-feira, 3 de maio de 2011

Conquistadora


A sua presença indica meu norte.
Teria sido azar ou sorte
Um dia conhecê-la?

Só sei que mudei meu rumo
Perdi o prumo
E nunca mais pude esquecê-la...

Nenhum comentário: