segunda-feira, 16 de maio de 2011

A riqueza


Nada se coaduna
Com a sua fortuna.

Fica lá, na sua mansão.
Mora junto com a solidão...

Quem se atreve a ir até lá?

Nenhum comentário: