terça-feira, 17 de maio de 2011

Sem medo


Lembrei de você hoje cedo
De quando falou-me ter medo
De enfrentar o dia que começa.
Eu tentei ser seguro.
Aconselhei você a não temer o futuro
E a aproveitar o dia, antes que ele se despeça.

Nenhum comentário: